O papel dos professores na mediação da percepção social de escolares

Lembro-me do dia em que, na quinta série, uma professora estava aos prantos após um dia de muita bagunça em sala de aula. À frente da turma, ela queixava-se sobre nosso comportamento e lamentava todo aquele transtorno.

Após a aula e retirada da professora, o mais perturbador dos alunos sim, o que mais causava transtornos em sala de aula tomou as palavras. Ele propôs à turma um pedido formal de desculpas na semana seguinte e ainda promoveu uma vaquinha para compra de um buquê de flores para professora. Ele mesmo entregou o presente no dia combinado.

Este aluno certamente estaria no grupo de “crianças ambivalentes”, as de maior visibilidade, popularidade e impacto social no espaço escolar.

Lei de Combate ao Bullying ainda é desconhecida nas escolas

Menino moreno sofrendo bullying na escola por meninas, violência verbal, intimidação sistemática, lei de combate ao bullying


Aprovada há quase 2 anos, a Lei nº 13.185/2015, que institui o Programa de Combate à Intimidação Sistemática (ou Bullying), ainda é desconhecida e ignorada pelo grande público, sobretudo nas escolas, espaço onde deveria haver maior promoção do programa.

Depressão e o dilema para responder “você está bem?”

Pessoas com humor deprimido ou com vivências de emoções negativas tendem a se sentirem isoladas, sem apoio social. Uma queixa frequente é a ausência de preocupação de outras pessoas próximas. Pessoas deprimidas costumam manifestar sentimentos de desconexão ou isolamento através de falas como: "não tenho nenhum amigo", "ninguém se importa", "sou muito sozinha"; e sentimentos de desesperança: "me sinto derrotado", "já perdi a esperança”.

Escola desenvolve atividade de Educação Emocional em Escola de Pais

Com o tema “Que cor está a vida de seu filho?”, os pais dos alunos da Educação Infantil do Colégio Studio Class, região metropolitana de Recife, foram convidados a participar de atividade socioemocional com o objetivo de sensibilizar a família sobre a importância de estar atento às emoções dos filhos e da cooperação entre família e escola.



O que é Psicologia Escolar ou Educacional?

historia da psicologia escolar educacional diferença artigo

Psicologia Escolar é uma especialidade da Psicologia


A Psicologia Escolar é uma das especialidades da psicologia que se ocupa dos processos de ensino e aprendizagem de escolares de todas as idades em contexto escolar.

A psicologia educacional, por sua vez, pode ser referida como uma área mais ampla, envolvendo discursos e práticas educacionais que não se limitam ao espaço institucional da escola. Ou seja, podemos dizer que a psicologia escolar está inserida dentro do campo da psicologia educacional.