Adolescente de 14 anos foge de casa na quarentena de pijama após ouvir comunicado sobre violência doméstica na rádio local



Ao redor do mundo, aparecem notícias alarmantes de aumento do número de queixas policiais relacionadas à violência doméstica, após diversos governos terem decretado isolamento social.

Especialistas explicam que o convívio prolongado de vítimas com agressores dentro de casa, aumenta a probabilidade de agressão. Isso vale tanto para mulheres quanto para crianças.

Nessa semana, um caso de violência doméstica chamou atenção do noticiário inglês. Na cidade de Plimude, no sudoeste da Inglaterra, um adolescente de 14 anos apareceu de surpresa numa estação de rádio para denunciar que estava sendo vítima dentro da própria casa.

Após a rádio transmitir uma discussão sobre violência doméstica e o crescente número de casos durante a pandemia do coronavírus, o menino teria andado até a estação ainda com seu pijama por baixo do casaco com a intenção de compartilhar sua própria história pessoal.

O estudante que vivia situações de violência em casa aparentemente ficou confinado em seu quarto desde que o país se trancou em meio à propagação do COVID-19, sem eletrônicos ou internet, apenas com um rádio.

Por motivos éticos e legais, a identidade e história particular do jovem não veio à público. Mas o relato do episódio mostrou a importância dos meios de comunicação na denúncia desses crimes. Na estação de rádio, o adolescente foi consolado pelos profissionais e uma equipe de apoio da polícia local foi chamada para oferecer assistência. 

Trecho de áudio em que o editor da rádio explica a história foi compartilhado na rede social da BBC Radio de Devon (em inglês):






Compartilhar no WhatsApp






Fontes:

1. https://www.mirror.co.uk/news/uk-news/abused-boy-lockdown-turns-up-21793078
2. https://www.telegraph.co.uk/news/2020/03/31/schoolboy-walked-local-bbc-radio-station-pyjamas-hearing-report/ 
3. https://www.devonlive.com/news/devon-news/plymouth-boy-walked-radio-station-4004522