Mãe faz desabafo nas redes sociais sobre a creche e surpreende professoras



A mãe do pequeno Arthur publicou nas redes sociais uma foto de um bilhete enviado por suas professoras da Educação Infantil. No bilhete, a professora passava informações para a mãe sobre o comportamento da criança na creche: "ficou fazendo bagunça e brigou com a prof."

Na descrição da foto, a mãe fez um longo texto que muitos imaginavam ser uma reclamação ou crítica ao bilhetinho enviado pela professora, mas que na verdade era um corajoso texto de gratidão.

No texto a mãe demonstra reconhecimento e admiração pelo trabalho das professoras e convida outros pais a também refletir sobre a participação delas na vida das crianças. 

Elas são mais que professoras, são parte da vida do seu filho.

No texto na descrição da foto, a mãe demonstra reconhecimento e admiração pelo trabalho das professoras e convida outros pais a também refletir sobre a participação delas na vida das crianças.

Veja o texto completo publicado nas redes sociais de @Mari Maia:


AS "TIAS DA CRECHE"

Hoje recebi um bilhete na agenda do Arthur. Fiquei pensando sobre toda essa história de Educação Infantil...

Muitos de nós não paramos para pensar no efeito que um CMEI tem na vida de uma criança.

Já parou para pensar que essas mulheres estão lá, passam anos estudando, se especializando para ensinar desses bebês?
- Tá, aí alguém virá me dizer que qualquer profissão é assim...
E de fato é

MAS PASSA LONGE DE SIMPLESMENTE CUIDAR DE BEBÊS!

É ensinar a andar, a sair das fraldas, a desmamar, a dormir sozinhos, ensinam sobre higiene, o cuidado com o corpo. É impor regras, horários, E vamos e convenhamos, algumas de nós, MÃES, falhamos miseravelmente.
É PREPARAR ELES PRA VIDA!!

Quantas vezes você perdeu a cabeça com seu filho e deu-lhe umas palmadas? Já pensou que essas profissionais passam pela mesma situação de exaustão, stress e mesmo assim, com ternura resolvem o problema que você achava impossível resolver com diálogo?

Me lembro das inúmeras vezes que me senti um fracasso como mãe, que não soube lidar com situações com o Arthur. E quem estava lá pra me dizer: você está fazendo um bom trabalho? ELAS!
- Quem percebeu medos que o Arthur tinha e eu nem notado não tinha? ELAS!
- Quem ensinou o Arthur sobre dividir brinquedos e a cuidar dos amigos? ELAS!

ELAS SÃO MAIS QUE PROFESSORAS, SÃO PARTE DA VIDA DO SEU FILHO.
SÃO PARTE DA SUA FAMÍLIA!

Parem de achar que é bonito criança fazer arte, responder, e que "as tias da creche" são obrigadas a lidar com má criação!
Coloquemos a mão na consciência e tenhamos gratidão por essas profissionais. Respeite-as, valorizem seu trabalho (que na minha opinião, é um dos mais difíceis), dê apoio, ensine seu filho a respeitar essas mulheres, porque, com o perdão da palavra, elas são FODA!

GRATIDÃO POR TER VOCÊS!