5 Competências Socioemocionais essenciais na educação emocional

O que são Habilidades ou Competências Socioemocionais?


Afinal, o que é "socioemocional"? O termo socioemocional se refere ao conjunto de habilidades sociais e de inteligência emocional envolvidas na relação de qualquer pessoa com seu mundo. Essas habilidades serão descritas logo abaixo.

O termo socioemocional descreve melhor a área do que o termo "habilidades emocionais", pois essas habilidades sempre têm um componente social, seja na produção, percepção e nomeação das emoções, ou seja na resolução de problemas, respeito e compromisso com a comunidade da qual o indivíduo faz parte.

A
Educação Socioemocional tem o objetivo de desenvolver nos estudantes atitudes e comportamentos para lidar de forma eficaz e ética com situações e desafios diários.

O conjunto de habilidades desenvolvidas integra competências intrapessoal, interpessoal e cognitiva. Educadores da área destacam cinco competências competências socioemocionais essenciais que devem fazer parte do currículo educacional.

Cinco competências essenciais (Core SEL Competencies) Aprendizagem Sócio-emocional, inteligência emocional, autoconhecimento, auto-controle, habilidades sociais, consciência social, tomada de decisão responsável, sócio emocional, o que é sócio emocional, socio emocional, educação socioemocional, sócio-emocional, intenligência emocional, educação emocional, sócio-emocional, habilidades sociais, competência, sócioemocionais, sócio-emocionais
Educação Sócio-Emocional: As 5 competências socioemocionais

As 5  Competências Socioemocionais:


 1. Autoconhecimento

É a capacidade de reconhecer com cuidado as próprias emoções, os próprios pensamentos e valores e como eles influenciam nosso comportamento. É a capacidade de olhar para si próprio, avaliando os pontos fortes e limitações, com um bom senso de confiança, otimismo e uma "mentalidade" de crescimento pessoal.

 Auto-percepção
 Identificação das emoções
 Reconhecimento dos pontos fortes
 Auto-confiança
 Auto-eficácia


2. Auto-Controle


É a habilidade de regular com sucesso as emoções, pensamentos e comportamentos em situações diferentes - gerenciar o estresse, controlar os impulsos e criar condições para se auto-motivar. É a capacidade de definir e trabalhar em direção a objetivos pessoais e profissionais.

 Controle de impulsos
 Gestão do stress
 Autodisciplina
 Auto-motivação
 Definição de metas
 Planejamento e organização


3. Consciência social


É a capacidade de ser empático, se colocando na perspectiva de outros, incluindo aqueles de origens, culturas e valores diversos. A capacidade de compreender as normas sociais e princípios éticos para o comportamento e de reconhecer os recursos e apoios da família, da escola e da comunidade.

 Tomada de perspectiva
 Empatia
 Reconhecer a diversidade
 Respeito pelos outros
 Compromisso social


4. Habilidades Sociais


É a capacidade de estabelecer e manter relacionamentos saudáveis com outros indivíduos e grupos. A capacidade de se comunicar com clareza, ouvir bem, cooperar com os outros, resistir à pressão social inadequada, negociar conflitos construtivamente, buscar e oferecer ajuda quando necessário.

 Percepção social
 Comunicação
 Assertividade
 Construção de relacionamento
 Trabalho em equipe


5. Tomada de decisão responsável


É a capacidade de fazer escolhas construtivas sobre o comportamento pessoal e interações sociais baseadas em padrões éticos, preocupações de segurança e normas sociais. A avaliação realista das consequências de nossas ações, e uma consideração do bem-estar de si próprio e dos outros.

 Identificação de problemas
 Análise de situações
 Responsabilidade ética
 Resolução de problemas
 Avaliação de resultados
 Reflexão


Para saber mais:

DURLAK et al. The impact of enhancing students’ social and emotional learning: A meta-analysis of school-based universal interventions. Child Development, 82, 405-432, 2011.


ELIAS, M. J. The connection between academic and social-emotional learning. In ELIAS e ARNOLD (Eds.), The educator’s guide to emotional intelligence and academic achievement: Social-emotional learning in the classroom (pp. 4-14). Thousand Oaks, CA: Corwin Press, 2006.

GREENBERG et al. Enhancing school-based prevention and youth development through coordinated social, emotional, and academic learning. American Psychologist, 58 (6, 7), 466-474, 2003.

NATION et al. 2003. What works in prevention: Principles of effective prevention practice. American Psychologist, 50, 449-456.

OSHER et al. Advancing the Science and Practice of Social and Emotional Learning: Looking Back and Moving Forward. Review of Research in Education, 2016.

PAYTON et al. SEL: A framework for promoting mental health and reducing risk behavior in children and youth. Journal of School Health, 70(5), 179-185, 2000.

ZINS et al. (Eds.). Building academic success on social and emotional learning: What does the research say? New York, NY: Teachers College Press, 2004.

Collaborative for Academic Social and Emotional Learning (CASEL). Effective Social and Emotional Learning Programs: Preschool and Elementary School Edition, 2012. Disponível em: https://casel.org/wp-content/uploads/2016/01/2013-casel-guide-1.pdf.