Como castigo, pai obriga filha andar 8 km até a escola por ela praticar bullying



Um vídeo publicado na última segunda-feira está dando o que falar na internet e já conta com centenas de milhares de compartilhamento.

As imagens registradas por um motorista mostra uma menina de mochila nas costas andando no acostamento da estrada. O homem que está gravando atrás do volante diz ser o pai da menina de 10 anos de idade e explica que está aplicando um castigo para a filha.

Segundo ele, a menina havia sido expulsa do ônibus escolar pela segunda vez por praticar bullying. Para chegar até a escola que fica a 8 km da casa, ela teria que ser levada pelos pais. O pai então resolveu fazê-la caminhar por todo o trecho como punição.

"Bullying é inaceitável, em qualquer lugar", diz o pai no vídeo.

Veja o vídeo original:



Enquanto muitos pais e educadores acharam exagerado o castigo dado pelo pai e absurdo o fato dele ter exposto a filha ao constrangimento, outros elogiaram sua decisão como ato corajoso e responsável.

Já sabendo da divergência de opiniões que sua atitude iria gerar, o pai disse no vídeo: "Eu sei que muitos de vocês, pais, não vão concordar com isso e está tudo bem. Estou fazendo o que acho certo em ensinar uma lição à minha filha para impedi-la de fazer bullying."

Em entrevista a uma emissora norte americana, ele também afirmou: “Eu não vou ser outro pai que apenas vai varrer as coisas para debaixo do tapete e dizer: 'Crianças são crianças’”.

E você? O que achou da atitude desse pai?