Crianças com experiência com jogos de tabuleiro em casa entram na escola com mais vantagem em matemática

Uso de jogos de tabuleiro para ensinar matemática


Você conhece o jogo Cobras e Escadas? Existem diferentes modelos desse jogo de tabuleiro criado na Índia há séculos atrás (onde era chamado de Moksha Patamu) e que foi espalhado pelo mundo inteiro a partir de 1940 quando foi adaptado nos Estados Unidos em sua versão mais kid Chutes and Ladders (Escadas e Escorregadores).

Até alguns anos atrás o jogo era bastante popular entre as crianças. Mas hoje, embora ainda seja comercializado e conte até mesmo com versões digitais e versões 3D, infelizmente cada vez menos crianças conhecem o jogo.



Ao longo das últimas décadas, diversas pesquisas em psicologia e educação mostraram que jogos de tabuleiro como esses são recursos de grande valor para a “alfabetização matemática”, ou seja, são instrumentos para a construção das habilidades iniciais em matemática, incluindo sequência numérica, posição espacial, operações matemáticas simples e conceitos numéricos como muito e pouco.

Na década de 1980, por exemplo, a pesquisadora Jenny Young-Loveridge mostrou que, quando entravam na escola, crianças que tinham experiência com “jogos matemáticos” em casa (dentre eles Cobras e Escadas, dominó e bingo) tinham desempenho muito melhor em matemática que as outras crianças sem experiência com esses jogos.

Jogos de tabuleiro também são utilizados em intervenção com crianças com dificuldade em matemática, seja em sala de aula, sala de recursos da educação especial ou em atendimentos psicopedagógicos.

Muita gente pode dizer não conhecer o jogo Cobras e Escadas. Mas acredito que muitos já viram jogos parecidos, com a mesma dinâmica. Nesse tipo de jogo de percurso o único objetivo é chegar ao final de um trajeto de casas (no clássico Cobras e Escadas são 100 casas). Para isso, cada jogador tem o seu pião e deve  jogar os dados que apresentarão o número de casas a serem percorridas em cada turno. Porém quando você cai em algumas dessas casas você pode ser prejudicado tendo que voltar (cobras ou escorregador) ou pode ganhar vantagem, progredindo mais casas (escadas). Algumas versões tem desafios extras ou charadas.

Um exemplo de jogo semelhante ao Cobras e Escadas:
  
Ensinar matemática em casa para crianças pequenas


Que tal aproveitar a quarentena para se divertir com as crianças em casa e ainda aprender matemática?


Referências:

YoungLoveridge, J. M. (1989). The relationship between children’s home experiences and their mathematical skills on entry to school. Early Child Development and Care, 43(1), 43–59.

Cheung, S. K., & McBride, C. (2016). Effectiveness of Parent–Child Number Board Game Playing in Promoting Chinese Kindergarteners’ Numeracy Skills and Mathematics Interest. Early Education and Development, 28(5), 572–589.

Laski, E. V., & Siegler, R. S. (2014). Learning from number board games: You learn what you encode. Developmental Psychology, 50(3), 853–864.


Srinivasan, K. Snake and Ladder Games in Cognition Development on Students with Learning Difficulties. Indian Journal of Dental Advancements, vol. 10, no. 4, 2018, p. 160. 



Compartilhar no WhatsApp


Compartilhar no Facebook