Em atividade escolar, crianças fazem mensagens para mulher trans encarcerada que não recebe visitas há 8 anos




Uma reportagem exibida no fantástico no último domingo parece ter comovido muita gente. Na reportagem do Dr. DrauzioVarella que mostrava a vida de mulheres trans nos presídios, a personagem Suzy Oliveira chamou atenção quando disse não receber visitas há mais de 8 anos.

A repercussão foi tão grande que a  Secretaria de Administração Penitenciária do estado de São Paulo decidiu divulgar o endereço para correspondência nas redes sociais.

Uma professora da Educação Infantil parece também ter se comovido e convidou os alunos a escreverem mensagens para serem encaminhadas a detenta.













Compartilhar no WhatsApp