“Sem noção” — dizem estudantes sobre tuíte de um dos mais famosos cursinhos do Brasil



Uma publicação no Twitter de um dos mais conhecidos cursinhos preparatórios do Brasil causou revolta entre estudantes que estão, ou estariam, se preparando esse ano para o vestibular e para o ENEM.

A publicação do cursinho Objetivo com motivação publicitária pareceu de mau gosto para muitos estudantes, pais e também educadores. Veja o texto publicado:

O ano é 2030
-Você é médico?
-Sim
-Um fato determinante para seu sucesso?
-Ter estudado muito em 2020 enquanto meus concorrentes só reclamavam da situação que vivíamos na época

A publicação faz referência a discussão na semana após o Ministério da Educação ter publicado que mantém a realização do ENEM este ano, apesar da pandemia do coronavírus. Muitos estudantes questionaram a decisão do governo e a hashtag #adiaenem já foi compartilhada dezenas de milhares de vezes.

A publicação do cursinho contraria a opinião da maioria dos estudantes e os acusam de só reclamar, o que parece ter causado revolta entre eles: “evoluímos de "estude enquanto eles dormem" para "estude enquanto eles morrem" — comentou uma das jovens no Twitter.

Veja outros comentários:







A conta do cursinho na plataforma foi apagada após o alvoroço entre estudantes.



Compartilhar no WhatsApp


Compartilhar no Facebook